Análise - BWF: Prova de fogo

Atualizado: 2 de mai.

Como já explicamos anteriormente (No Instagram) uma prova de fogo é quando um rookie tem a oportunidade de enfrentar um profissional e caso esse rookie vença ele fará parte do time de profissionais da BWF, mas bem, agora com isso explicado vamos aos combates.


Combate quatro fatais para decidir o desafiante ao título dos Rookies Peterbull vs Twister vs Mahu vs Thuro Thuro


Uma forma incrível de abrir o show, a equipe da BWF optou por colocar quatro lutadores incríveis já no primeiro combate e para ser ainda melhor colocaram Thuro Thuro que simplesmente roubou todas as atenções e incendiou o público, um combate cheio de momentos incríveis e mostrando uma bela química entre a Peterbull e Sequela que o tempo todo esteve fora do ringue ajudando ou somente interagindo com seu companheiro de duplas.

No final Peterbull saiu vitorioso fechando o combate em cima de Thuro Thuro e enfrentará Adam Black no próximo evento da BWF.


Nota: 🌟🌟🌟


Combate prova de fogo Denis o corvo e Spartacus vs Lobo Peruano e Fúria


O segundo combate da noite foi surpreendente, quando vimos quem seriam os oponentes da dupla de Rookies já imaginamos que haveria uma certa dominância da dupla campeã, mas não aconteceu nada disso, eu nunca imaginei que veria uma dupla formada por Brock Lesnar e Jeff Hardy, mas a BWF nós proporcionou isso.

Denis com golpes visualmente lindos e Spartacus fazia o fúria parecer um pedaço de papel.

No final a dupla formada por Fúria e Lobo Peruano saíram com a vitória, mas Spartacus e Denis mostraram muita garra, coração e o principal, mostraram que logo logo podem levantar aquele título de duplas.


Nota: 🌟 🌟🌟


Combate pelo título sobrevivente Raio Negro vs Colossus vs Speed


Quando anunciaram os participantes do combate já vi que seria coisa boa, teríamos Speed e Colossus que vem nunca rivalidade intensa até mesmo pelos últimos combates que tiveram e no meio disso tudo teríamos o Raio Negro que é um dos rookies mais talentosos da geração, que caso vencesse aquela luta além de subir para o time dos profissionais ainda subiria como campeão.

O combate novamente mostrou que o nível dos lutadores da BWF é muito elevado, quando vimos o Colossus dar golpes que raramente alguém do tamanho dele usa entendemos o quão versáteis e habilidosos são os atletas da BWF.

No final Speed (que entrou aterrorizando todos cuspindo sangue) finalizou Colossus e saiu com seu título nós ombros.


Nota: 🌟🌟🌟


Combate prova de fogo Kyan vs Acce


De um lado o melhor rookie de todos os tempos (como ele mesmo se intitula) e do outro um dos jovens mais promissores da BWF, isso só poderia dar um combate bom não é mesmo? E deu! Kyan enfrentando um possível nervosismo e Acce visivelmente enfrentando o desgaste físico, pois ele tinha acabado de voltar de sua turnê na Inglaterra, mas mesmo com tudo isso eles mostraram que são mesmo tudo isso que dizem dos dois, Acce se mostrou muito superior no início do combate, mas aos poucos Kyan foi igualando as coisas, inclusive muitos golpes usados por ele eram só arsenal do Acce, o que só irritou o campeão sul-americano. Acce venceu o combate após um lindo swantom bomb, mas quando o campeão ia falar com o público Max Miller o atacou brutalmente, logo depois foi ao microfone e disse que mostrará ao ,Gabriel (Acce) o que é lutar contra um homem de verdade, por sua vez Acce chama Bob Jr e pede para que marque um combate entre os dois válido pelo título sul-americano.


Nota: 🌟🌟🌟🌟

Nota do segmento: 🌟🌟🌟


Combate pelo título brasileiro Adam Black vs Victor Boer


Que combate meus amigos, não sei nem como falar sobre esse combate, Adam Black mostrando que faz parte do top 5 da BWF, e Boer se provando como o cara da empresa. Vamos logo ao resultado, pois com certeza nessa luta ele foi só um detalhe, pois a emoção foi tão grande que quem ganhasse ali o público aceitaria sorrindo, tivemos ambos usando todo o arsenal que tinham, tanto arsenal de luta quanto arsenal de malandragem, foi tão intenso que eles foram obrigados a usar golpes até mesmo de seus maiores rivais, Allan Sales e Acce no final Adam acabou sendo derrotado por Boer após ele aplicar uma chave que era realmente impossível de escapar, mas de verdade, nós vimos talvez a pessoa perfeita para assumir o cinturão de Boer no futuro, com certeza Adam Black é o futuro da luta livre nacional.


Nota: 🌟🌟🌟🌟🌟


Combate prova de fogo, melhor de três Toko vs Skinner


Agora vamos falar do combate principal da noite, o treinador Toko fez seu desafio aberto e o aluno Skinner aceitou. Os dois se conhecem muito bem e tem muita química, Toko cumpriu com sua palavra a nos deu um combate memorável, a forma com que a torcida se envolveu nessa luta foi incrível, vou citar o momento memorável em que Toko aplicou um Powerbomb em Skinner em cima de uma mesa, logo depois enterrou o prodígio com várias cadeiras, a contagem começa, o combate já estava 1 a 1 a torcida toda se levanta para apoiar Skinner, uma criança chorando chega perto de Skinner e começa a apoiar ele, pedindo pra ele se levantar, tentando ajudar ele, então Skinner sai de baixo das cadeiras, antes da contagem chegar a 20 ele volta ao ringue, ele vence seu professor e depois recebe o respeito e a admiração de todos os presentes. Após ser batido por Skinner que agora faz parte da equipe de profissionais da BWF, Toko anuncia que agora Skinner é digno de lutar pelo título rei do ringue e que a próxima estipulação quem escolhe é o Taylor.


Nota: 🌟🌟🌟🌟🌟🌟

86 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo