Nascido para lutar

Prelúdio

Essa não é a história mais feliz do mundo, na verdade é uma história cheia de tragédias, uma história cheia de altos e baixos, é história de uma pessoa sonhadora, mas que infelizmente viveu por muito tempo tendo que enfrentar demônios horríveis, mas não vamos dar spoilers do final, vamos voltar lá atrás, quando tudo começou.

Em um belo domingo de 2010, em uma humilde casa no interior de São Paulo, Miguel acordou sem saber que aquele dia mudaria sua vida, ele acordou feliz pois iria comemorar seu aniversário de 10 anos, ele teve um dia divertido com sua família, um dia cansativo, mas muito divertido, então ao anoitecer ele se sentou no sofá e ligou a televisão, começou a trocar de canal até que de repente acaba caindo no Esporte Interativo e vê uma coisa diferente passando na televisão, ele acaba se entretendo com aquilo, aquela foi a primeira vez que Miguel viu luta livre, foi o primeiro contato dele, o Smackdown estava sendo transmitido naquele velho formato que já conhecemos, mas além de ser o primeiro contato dele com a luta livre também foi o primeiro contato dele com algo que seria constante para ele, ali ele conheceu algo que deixaria ele triste, algo que deixaria ele bravo, algo que causaria um misto de sentimentos horríveis nele, ele conheceu o “bullying” que todo fã de luta livre sofre. Seu pai entrou na sala e viu que Miguel estava assistindo luta livre, então ele olha para seu filho e diz:


- Sério? Pelo amor de Deus para de ver essas mentiras, tudo isso não passa de uma baboseira, se quer acompanhar algum esporte acompanha um esporte de verdade e não isso que eles fingem ser atletas e os bestas que acompanham eles fingem que acreditam.


Ao ouvir aquelas palavras muitas dúvidas foram criadas na cabeça do Miguel, ele então começou a pensar que consumir aquilo era errado, que talvez ele devesse parar, pois ele não queria viver uma mentira, ele não queria ser um idiota como o pai dele disse, então ele desliga a televisão e deixa de lado aquilo que ele gostou tanto.

Esse poderia já ser o final da história, facilmente tudo poderia morrer aqui, mas a gente sabe que o wrestling não deixa a gente fugir dele, quando vemos o wrestling pela primeira vez e nos apaixonamos por ele podemos ficar anos sem acompanhar, mas ele sempre voltará para nossa vida. Desta forma o tempo se passou e chegamos em 2014, novamente Miguel estava em casa, ele estava deitado no sofá passando de canal em canal, quando de repente ele lê 12 letras que fizeram com que o garoto se espantasse, ele tinha uma vaga lembrança daquilo, "mas será mesmo isso ou estou ficando louco?", pensou Miguel. Ele passou pelo Fox Sports 2 e viu escrito na programação “WWE RAW – Ao vivo” novamente, ele poderia ter ignorado e essa história não aconteceria, mas ele entrou no canal, ele de cara se deparou com Bray Wyatt e sua família sinistra e é aqui que a nossa história realmente começa.

51 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo