Ron Simmons, o primeiro negro a ser reconhecido como World Champion!




Bem depois de nomes como Bearcat Wright, Bobo Brazil e Art Thomas conquistarem cinturões mundiais na WWA, mesmo não sendo reconhecidos como tal, Ron Simmons viria a fazer história quando conquistou o WCW World Heavyweight Championship em 1992, tornando-se a primeira pessoa negra a ser reconhecida como um campeão mundial em uma grande empresa de Pro Wrestling.


Bobo Brazil, Bearcat Wright e Art Thomas

Para falarmos da vitória de Ron Simmons, primeiro temos de falar sobre quem era Ron antes de entrar na luta livre e mais para frente, você vai entender o porquê. Ronald Simmons foi uma grande promessa da divisão do futebol americano universitário, sendo um grande defensor da Florida State University. Mais tarde, ele teve uma breve carreira na National Football League (NFL), selecionado na sexta rodada do Draft de 1981 da NFL. Ron Simmons permaneceu no futebol americano até 1985, em 1986, faria a sua estreia no pro wrestling, na Jim Crockett Promotions (Que viria a se tornar a WCW anos depois). Inclusive, anos depois, Ron foi posto no Hall of Fame do College Football em 2008.



“Colocar o título mundial em Ron Simmons foi uma das primeiras ordens de negócios de Cowboy Bill Watts depois de assumir a WCW. Watts tinha a reputação de defender lutadores afro-americanos como Ernie Ladd e Junkyard Dog e construir suas promoções em torno deles.”, disse Mike Mooneyham, colunista de pro wrestling do The Post and Courier em Charleston, na Carolina do Sul. Ron Simmons foi escolhido justamente por conta da filosofia de negócio de Bill Watts. Apesar da mente um tanto quanto retrógrada de Bill, o até então presidente da WCW tinha a ideia da empresa ser construída em cima de um homem negro, devido as crescente onda de visibilidade para a comunidade afro-americana. Tal receita do homem negro como Babyface foi uma estratégia que deu certo na também comandada por Bill, Mid South Wrestling, antes dele ter entrado para presidência da World Championship Wrestling. Na Mid South Wrestling, a grande estrela era The Junkyard Dog. Assim como fez na Mid South Wrestling, ele quis um novo grande babyface negro e Ron Simmons era o homem perfeito para Bill, era um homem negro, de porte atlético, com boas habilidades tanto dentro do ringue quanto com o microfone, além de seu passado num esporte “legítimo”, dando a Ron todas as características que Bill precisava para o ver como uma estrela de topo e principal Babyface da empresa. O grande momento aconteceu em Baltimore, Maryland, frente a uma plateia de 8 mil pessoas. Big Van Vader naquele momento era o Monster heel da empresa, assim como o principal campeão. Vader, o icônico mascarado que marcou história tanto na América quanto no Japão, vinha de uma longa história enfrentando o babyface da época, Sting, tendo agendado para aquela noite, uma luta agendada entre os dois pelo WCW World Heavyweight Championship. Todavia, Sting viria a ser “ferido” pelas mãos de Jake Roberts no início da noite num angle em que envolveu boa parte de heels e babyfaces da empresa, incluindo do próprio Ron Simmons. Bill Watts precisava fazer alguma coisa, então decidiu fazer um sorteio entre todos os babyfaces que tentaram ajudar a Sting (além de Rick Rude, que exigiu ter o seu nome adicionado ao sorteio) para determinar quem seria o desafiante ao título de Vader naquela noite. O resultado, já programado, viria a ser Ron Simmons, o que era uma surpresa, visto que até então ele era um mid-carder preso numa intensa rivalidade contra Cactus Jack. O combate durou pouco mais de 9 minutos, com ambos mostrando uma luta dura dentro do ringue, Vader era um dos melhores de sua época, além de um dos mais agressivos. Durante o combate, foi recorrente o uso de golpes de força de ambos os Powerhouses, com os movimentos característicos de Vader, que parecia certo que seria o vencedor da noite, todavia, Simmons também demonstrou uma força incrível sendo capaz de manobrar o gigante Vader!

E então, Ron Simmons conseguiu reverter o Powerbomb de Vader, Vader correu até às cordas, ao seu retorno, fora pego por Ron num Irish whip seguido do Powerslam que manteve o campeão com os ombros na lona por tempo suficiente para uma contagem de três, levando as 8 mil pessoas naquela arena em Baltimore (Que sequer sabiam que o combate aconteceria no início da noite) a completa loucuras. Ron Simmons foi ovacionado pelo público e erguido nos ombros pelos babyfaces da empresa, que vieram ao ringue comemorar o momento histórico. Ron manteria o título por cinco meses e eventualmente perderia o título de volta para Vader.



https://youtu.be/IB8DYpLAIfs

Ron Simmons não foi tão bem aproveitado como WCW World Heavyweight Champion e sequer teve um bom booking após perder o seu título para Vader, o que levaria a sua saída da WCW para a WWF, onde não teria mais a mesma importância e nunca mais chegaria ao topo do pro wrestling, ainda sim, a sua conquista em Baltimore é até hoje relembrada como um dos momentos mais importantes para todo o pro wrestling.



Gostou do conteúdo? Compartilha com os amigos, inimigos, primos, vizinhos, familiares, cachorro e gato. Se tiver uma sugestão de história para o quadro, coloca aqui nos comentários e até semana que vêm, senhores e senhoritas!

32 visualizações1 comentário

Posts recentes

Ver tudo